Pesquisadores do Programa de Pós-graduação em Física da UFC tem artigo de capa na “Carbon”

Pesquisadores do Programa de Pós-graduação em Física da Universidade Federal do Ceará (PPG-Fis-UFC) são autores de artigo científico que é destaque de capa de uma das mais importantes revistas internacionais em materiais e nanomateriais carbonosos, a Carbon. A revista tem fator de impacto 7,08 e é enquadrada como Qualis A1, a classificação máxima da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

O estudo intitulado “Structural and electronic properties of nanotubes constructed from fragmented fullerenes” (na tradução, “Propriedades estruturais e eletrônicas de nanotubos construídos a partir de fulerenos fragmentados”) tem autoria do Prof. Antonio Gomes, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFC e docente do Departamento de Física, da doutoranda em Física da UFC Paloma Vieira Silva e do Prof. Eduardo Costa Girão, ex-doutorando em Física da UFC e docente da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

O trabalho faz parte da tese de doutorado de Paloma Vieira e propõe um novo tipo de material à base de carbono que é bidimensional, como o grafeno, e pode gerar estruturas nanométricas chamadas de nanotubos. “Foi mostrado que um novo arranjo de átomos, tendo como base fragmentos de fulereno (bolas simétricas com 60 átomos de carbono), podem gerar materiais com propriedades semelhantes às de um metal (condutor de eletricidade) ou de um semicondutor, dependendo de sua estrutura”, explica o Prof. Gomes.

As pesquisas sobre o desenvolvimento de materiais são de grande relevância na ciência, pois podem estabelecer novos paradigmas para futuros avanços tecnológicos, a exemplo do que ocorreu com o silício. Segundo o Prof. Eduardo, a pesquisa publicada na Carbon apresenta bons resultados nesse sentido. “Graças a tais propriedades, esses tubos podem ser blocos básicos de futuros nanodispositivos eletrônicos”, exemplifica.

Conforme acrescenta Paloma Vieira, os resultados do artigo, o primeiro a compor sua tese, são de grande interesse para a comunidade que estuda materiais 2-D. “Contribui para avaliar as potenciais aplicações desses nanotubos”, diz.

O artigo foi desenvolvido em colaboração com a UFPI por meio do Prof. Eduardo Girão (egresso do Programa de Pós-Graduação em Física da UFC) e com o Prof. Vincent Meunier, do Rensselaer Polytechnic Institute (EUA). “Importante ser destacado o papel da CAPES no financiamento dessas parcerias no âmbito nacional, através do Programa Nacional de Cooperação Acadêmica (PROCAD), e internacional, pelo Programa Institucional de Internacionalização (PRINT)”, disse Gomes.