Aula inaugural do Programa de Pós-Graduação: Os Novos Mundos do Cosmo

O Professor José Renan de Medeiros da Universidade Federal de Rio Grande do Norte apresentará a palestra Os Novos Mundos do Cosmo na aula inaugural do semestre 2018.1 do Programa de Pós-Graduação em Física.

Com uma rápida introdução sobre “Por que Ciência?”, a palestra tratará dos grandes avanços da Exoplanetologia, incluindo o desenvolvimento instrumental. Será apresentado também um panorama geral sobre as propriedades físicas do Zoo Exoplanetário atual e as perspectivas para a descoberta de novas terras, incluindo atividade biológica.

A palestra acontecerá no dia  09 de março de 2018 às 16h na Sala de Seminários do Departamento de Física, no Bloco 926, Centro de Ciências- Campus do Pici.

Programação:
15:30h – Coffee-break
15:50h – Entrega do prêmio Melhor Tese de Doutorado PPG-Física-UFC 2017
16:00h – Início da Aula Magna 2018.1

 

O Professor Medeiros  é Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências. É graduado em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1976), Mestre em Astrofísica pelo Observatório Nacional (1980) e Docteur ès Sciences – Université de Genève (1990). Efetuou estágios de Pós-Doutorado no Observatoire de Genève e na Université de Montpellier. Foi professor visitante da Université de Montpellier e Astrônomo Adjunto do Observatoire de Nice. Foi Presidente da Sociedade Astronômica Brasileira (1997-2000) e Presidente da Comissão Brasileira de Astronomia (2002-2005). É um dos criadores da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Membro do Comitê Assessor Física-Astronomia do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (2005-2009). Coordenador Geral do INCT de Estudos do Espaço, É Professor Titular Livre da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e Membro Titular do Conselho Científico do Instituto Internacional de Física de Natal. No contexto científico, desenvolve atividades em Astronomia e Astrofísica Estelar, com ênfase nos seguintes temas: espectroscopia e fotometria estelar, rotação estelar, magnetismo estelar, nucleossíntese estelar, multiplicidade estelar e exoplanetologia. Conduz também projetos na área de Instrumentação para Astronomia, incluindo participação em consórcios internacionais para a construção de um Pente de Frequências Laser para o espectrômetro HARPS do ESO, a construção do espectrômetro NIRPS (Near Infrared Planet Searcher) para o telescópio de 3,60m do ESO e construção do espectrômetro HIRES para o telescópio ELT do ESO. (Fonte CV Lattes)