Artigo de autoria de professores da UFC e da UECE recebe destaque na mídia internacional

O artigo “Dependence of the black-body force on spacetime geometry and topology.” de autoria de C. R. Muniz, G. Alencar, M. S. Cunha, R. R. Landim and R. N. Costa Filho, publicado em Europhean Physics Letters (10.1209/0295-5075/117/60001) recebeu destaque no portal Phys.org.

Nesse artigo foram estudados efeitos da geometria e da topologia do espaço-tempo sobre a recentemente descoberta “força de corpo negro”. Em 2013 físicos austríacos descobriram a existência dessa força ao estudar o desvio dos níveis de energia em um átomo de hidrogênio nas proximidades de corpos como o Sol. Esse desvio é causado pela radiação emitida pela estrela. Essa força é atrativa e pode superar a pressão de radiação e mesmo a força da gravidade atuando sobre o átomo. Todavia os autores não levaram em conta efeitos da Relatividade Geral. Na publicação dos pesquisadores da UFC e da UECE foram considerados esses efeitos e mostrado que essa força depende não somente da geometria como também da topologia do espaço-tempo. Para alguns objetos astrofísicos foi encontrado que a correção relativística se torna preponderante, mostrando a relevância do resultado para aplicações nessa área. Também foi mostrado que a força se modifica quando objetos exóticos são considerados, como cordas cósmicas ou monopolos globais, que modificam as propriedades mais gerais do espaço-tempo – isto é, a sua topologia. Vale ressaltar que em física da matéria condensada os referidos pesquisadores mostraram que o efeito também pode ter consequências. Isso é devido à presença de defeitos topológicos em determinados sistemas à temperatura finita.

Mais informações em:
https://phys.org/news/2017-05-blackbody-spacetime-geometry-topology.html
https://www.sciencealert.com/researchers-discover-curved-space-magnifies-light-s-pulling-power